quinta-feira, 21 de setembro de 2017

OPINIÃO: "O Legado 731"


Título: O Legado 731
Autores: Joe Moore e Lynn Sholes
Edição: 04-2009
Editor: Publicações Europa-América
Páginas: 292
ISBN: 9789721059917

SINOPSE
Quando um homem vitimado por uma terrível doença entra nas instalações da Satellite News Network e, pouco antes de morrer, murmura duas palavras ao ouvido de Cotten Stone — «Agulhas Negras» — ninguém podia prever que poucos dias depois mais mortes se seguiriam em todo o mundo. 
Quando o cardeal John Tyler, o amor impossível de Cotten, adoece, Cotten apercebe-se de que a epidemia não se deve a causas naturais. Durante uma alucinante investigação, da Coreia do Norte até ao castelo do próprio Drácula, ela descobre uma terrível atrocidade da segunda guerra mundial, uma mancha chocante no passado da América, bem como um grupo de bombistas modernos armados com micróbios letais em vez de explosivos. 
Um acordo fatal com um velho inimigo pode ser a única forma de Cotten salvar John e toda a Humanidade. Mas poderá ela arriscar-se a vender a alma ao Filho da Aurora?





OPINIÃO
Terminei a leitura deste livro a 7 de setembro de 2017. Dou-lhe três estrelas.
A escrita é fluída, o arranque da história interessante, promete muito e depois… desilusão. Afinal trata-se de um livro de fantasia, com anjos caídos à mistura. Não era o que esperava ao ler a sinopse na contracapa. Fiquei igualmente com a sensação de que, mais uma vez, comecei a ler uma série por um livro do meio. Sinceramente, não tenciono investigar, nem segui-la se for, de facto, uma série. Neste momento, apetece-me um género literário diferente. É bom variar de vez em quando, por isso vou arrumar um pouco os romances eróticos e os livros de fantasia para jovens adultos.

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

OPINIÃO: "Poder de Atração"



Título: Poder de Atracção
Autora: Abigail Barnette 
Edição: 06-2016
Editor: Editorial Planeta
Páginas: 280
ISBN: 9789896578046

SINOPSE
Uma série erótica intensa, arrebatadora e realista. Um êxito de vendas com excelentes críticas nas redes sociais. Quinto e último livro da série, a relação entre Sophie e Neil vai ser posta à prova de várias maneiras. Quando a vida corre mal, alguém precisa de ter a força necessária para a levar para a frente. Sophie Scaife está nesta posição.





OPINIÃO
Li este livro algures em julho de 2017 e dou-lhe duas estrelas.
Foi o meu regresso à leitura após entrar na fase da maternidade e, sinceramente, não sei se foi por isso, mas não me fascinou. Custou-me a ler, demorei muito e pouca vontade tinha de lhe pegar. Talvez a disposição para a leitura mude nos próximos tempos ;-)

A salientar tenho a coragem da autora, que arriscou fazer algo que pode tornar um autor odiado. Não sei que feedback lhe chegou a propósito do assunto; quanto a mim, creio que foi um risco calculado, dado não se tratar das duas personagens principais, mas de alguém ligada a elas. Talvez a moda lançada por Veronica Roth pegue (espero que não!).

quinta-feira, 23 de março de 2017

Longe do Blogger

Olá!!!!
É verdade, há muito tempo que não venho aqui e hoje venho mesmo para um post muito rápido.
Por ora, leitura e escrita estão ambas paradas. E porquê? Porque fui mãe! Neste momento, a prioridade é o meu bebé e passo os dias focada em dar de mamar, trocar fraldas, arrumar tudo nos pequenos instantes em que o bebé dorme... Quem já passou por isso sabe do que falo ;-)
Agradeço a vossa compreensão.
Um dia, os posts regressarão aos poucos =)




terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

OPINIÃO: “Atração Magnética”



Título: Atração Magnética - Hacker 1
Autora: Meredith Wild 
ISBN: 9789896577476
Edição ou reimpressão: 02-2016
Editor: Editorial Planeta
Páginas: 256


SINOPSE
A nova série Hacker, é a aposta da Planeta no romance feminino erótico em 2016. Uma série sexy, repleta de segredos, mentiras, traições e vícios. Decidida a ultrapassar um passado difícil, Erica Hathaway aprende muito cedo a fazer tudo sozinha. Bilionário e supostamente um hacker, Blake Landon, que está habituado a conseguir aquilo que quer, é atraído pelo dinamismo e pela beleza tímida de Erica. Decidido a conquistá-la, quase perde o controlo de que tanto se orgulha.



OPINIÃO
A leitura de “Atração Magnética”, o primeiro livro da série Hacker, de Meredith Wild, foi concluída a 3 de fevereiro 2017. Dou-lhe duas estrelas.
Sim, é um romance, um género literário de que gosto bastante, mas…
E aqui tem um grande “MAS”.
Se há coisa que detesto são histórias contadas a correr, como se a autora estivesse prestes a perder o comboio e quisesse contar a história toda antes de desatar a correr para ir apanhá-lo. Para mim, a pressa estragou uma história com potencial: não me senti envolvida enquanto leitora, as revelações perderam todo o impacto, não me senti convencida ou senti a pseudo-intensidade dos momentos-chave. Fiquei desiludida.
Tenho pena, mas fico-me por aqui; não tenciono ler os restantes livros da série.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Opinião: Preferida (Crossfire #5)




Título: Preferida
Coleção: Crossfire
Autora: Sylvia Day 
ISBN: 978-989-745-023-5
Edição ou reimpressão: 12-2016
Editor: 5 Sentidos
Páginas: 448


SINOPSE
Gideon Cross. Apaixonar-me por ele foi a coisa mais fácil que me aconteceu até hoje. Surgiu de forma instantânea. Completa. Irrevogável.
Casar com ele foi um sonho tornado realidade. Ficar casada com ele é a luta da minha vida. O amor transforma. E o nosso tanto é uma espécie de refúgio como uma tempestade violenta. Duas almas atormentadas entrelaçadas como se fossem uma.
Ele deu-me tudo. Agora, tenho de provar que consigo ser o seu porto de abrigo, tal como ele foi o meu. Juntos, vamos conseguir fazer frente a todos quantos tentam, por qualquer meio, interferir na nossa relação.
Comprometermo-nos com o amor foi só o primeiro passo. Lutar por ele vai libertar-nos ou separar-nos de vez.
Sedutor e emocionante, Preferida é o ansiosamente esperado final da série Crossfire, a incrível história de amor que cativou milhões de leitores em todo o Mundo.



OPINIÃO
Acabei de ler “Preferida”, de Sylvia Day a 29 janeiro 2017 e dou-lhe três estrelas.
Em primeiro lugar, tenho de referir o tempo entre a publicação de um volume e o seguinte. Os intervalos de tempo foram tão grandes que me perdi e, por várias vezes, quando li a referência a algo que aconteceu num livro anterior, nem sempre me consegui lembrar de que raio estava a autora a falar. Se alguém esperou que a série saísse toda para a ler de seguida, foi o melhor que fez =P
Quanto à conclusão da história em si, foi bom ver Eva e Gideon finalmente acertarem-se e fazerem as concessões necessárias, dando primazia à sua felicidade enquanto casal.
A reação de Eva ao que sucedeu à sua mãe é que achei um pouco estranha. Estava à espera que descarrilasse um pouco, que se rebelasse e partisse uns quantos pratos ou até a cozinha toda, mas encarou tudo com muita calma. Demasiada calma. Já Gideon, parecia que tinha sido a mãe dele a vítima. Enfim, escolhas da autora.
Não fiquei com a sensação de final. Ainda gostava de ler mais um livro em que os capítulos de Eva e Gideon encerrassem de facto.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Opinião: “Pede-me o que Quiseres e eu dar-te-ei”





Título: Pede-me o que Quiseres e Eu Dar-te-ei
Autora: Megan Maxwell 
ISBN: 9789896577711
Edição ou reimpressão: 04-2016
Editor: Editorial Planeta
Páginas: 728


SINOPSE
Apesar das discussões que as diferentes personalidades provocam, o empresário Eric Zimmerman e Judith Flores continuam tão apaixonados como no dia em que os seus olhares se cruzaram pela primeira vez. Juntos formaram uma linda família que adoram e pela qual são capazes de fazer qualquer coisa. Flyn, o menino que Judith conheceu ao chegar a Munique, é agora um adolescente, e como acontece na maior parte dos jovens, a sua vida complica-se e afeta todos à sua volta. O advogado Björn e a ex-tenente Mel continuam a bonita história de amor, junto da princesa Sami. Sem dúvida que a convivência os beneficiou muito. Mas há algo que Björn não consegue de Mel: que se case com ele. As relações entre os dois casais vão de vento em popa. Amam-se, respeitam-se, nada parece fora do lugar, até que, de súbito, pessoas e surpresas do passado irrompem nas suas vidas e põem tudo de pernas para o ar. Serão capazes de superar esta reviravolta inesperada? Conseguirão com o amor que professam? Ou mudarão os sentimentos para sempre?



OPINIÃO
Concluí a leitura de “Pede-me o que Quiseres e Eu Dar-te-ei” a 20 janeiro 2017 e dou-lhe quatro estrelas.
A história da Morenita e de Zimmerman há muito que deixou de me ser estranha, tal como a de Mel e Björn. Foram contadas em separado, porém, pelo que foi agradável ver a autora tentar combinar ambas num único livro, de modo a que possamos acompanhar as histórias dos casais e a sua evolução. Embora veja como um risco os autores fazerem isto, sob o perigo de estragarem o “viveram felizes para sempre” que haviam dado a entender antes, acredito que Megan Maxwell alcançou um bom resultado.
A única crítica que faço é a demora nas cenas eróticas contrastante com a pressa da ação; achei que fazia falta um maior equilíbrio.
Fica agora a questão se esta terá sido a última aventura conhecida dos casais…


sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Opinião: "Merlin - Os Anos Perdidos"




Título: Merlin - Os Anos Perdidos
Autor: T.A. Barron 
ISBN: 9789722354493
Edição ou reimpressão: 01-2015
Editor: Editorial Presença
Páginas: 304


SINOPSE
Antes de ser Merlin, ele era apenas um menino, sem terra, sem memória, sem nome. Um mar tempestuoso lançara-o para as costas escarpadas do país de Gales, juntamente com uma mulher de extraordinária beleza que dizia ser sua mãe. Cinco anos mais tarde, estão a viver juntos numa aldeia, mas o rapaz sonha descobrir a verdade sobre si próprio e sobre os seus estranhos poderes e parte em busca das suas origens. Chega a uma ilha, Fincarya, que se assemelha ao paraíso na Terra, mas rapidamente se apercebe de que uma entidade maléfica, em conluio com o rei da ilha, Stangmar, ameaça destruí-la. Sem saber que Fincarya é a sua terra e Stangmar seu pai, o jovem empenha-se na salvação da ilha e do seu povo e, com a ajuda de um grupo de novos amigos - um pequeno falcão; Rhia, uma rapariga que fala com as árvores; e Shim, um gigante que tem o tamanho de um anão -, tenta entrar no castelo rodopiante do rei, enfrentando perigos inimagináveis.
Aventura, tesouros, criaturas mirabolantes, florestas frondosas, castelos em ruínas e muita magia num épico fantástico que nos revela os anos de juventude daquele que estava destinado a ser o maior mago de todos os tempos - Merlin!





OPINIÃO
Acabei de ler “Merlin – Os Anos Perdidos” a 8 janeiro 2017 e dou-lhe quatro estrelas, numa escala de uma a cinco.
Sempre gostei da figura mítica de Merlin e vi inclusive vários filmes em que a história dele era abordada, pelo que, ao deparar-me com este livro, decidi lê-lo para descobrir que outros segredos teria um autor acrescentado a Merlin de modo a enriquecê-lo enquanto personagem.
Gostei da forma como a história foi contada, como Merlin foi descobrindo os seus poderes e as suas origens. Não é uma história envolvente ao jeito de Tolkien, mas T.A. Barron  soube prender a atenção e manter a ação fluída.
Sei que há mais volumes nesta série, mas dado que é o único livro disponível na Biblioteca Municipal por enquanto, vou ficar à espera dos outros ;-)